Café Preto Filmes fecha distribuição de filme com a Pandora

Parceria foi fechada durante as Rodadas de Negócios do Rio2C - RioContentMarket 2018.

A produtora Café Preto Filmes, de Santa Catarina, fechou uma parceria de distribuição do filme “Toda a tarde vazia” durante as Rodadas de Negócios do Rio2C – RioContentMarket 2018. Primeiro longa-metragem de ficção do diretor e roteirista Sérgio Azevedo, o projeto, em fase de desenvolvimento, é uma coprodução com a argentina Germina Films/Jaque Content. 

“Durante o evento, nos interessamos bastante pela possibilidade de trabalharmos juntos, pois estávamos buscando coproduções internacionais e projetos de produtoras fora do eixo Rio e São Paulo”, conta Priscila Santos, responsável pelos lançamentos nacionais da Pandora.

Após a produção do filme, a distribuidora vai comercializar a obra, passando por festivais internacionais e nacionais, salas de cinema, entre outras janelas. "Ter a Pandora nesse momento do projeto fortalece muito a captação de recursos, pois já temos a empresa responsável pela comercialização e retorno financeiro do filme. Isso faz muita diferença no critério de avaliação numa banca de um edital, por exemplo. E o melhor, quando o filme estiver pronto, sabemos que ele já terá destino certo, o nosso público, através de festivais, cinemas, TV's e VOD's", explica Sérgio Azevedo. 

A trama se passa no país do futebol, durante a Copa do Mundo de 2014. Nina, ao ficar viúva de Romero, decide se mudar da Argentina para o Brasil para morar com sua filha, Melinda. Sua presença na nova casa, porém, gera uma crise na relação da filha com a namorada, Magda. Em suas “tardes vazias”, durante o processo de se adaptar à nova vida, ela descobre na paixão pelo futebol, uma forma de homenagear seu falecido marido. A Argentina não vence a Copa, mas Nina reencontra afetivamente a filha.

“A Pandora tem procurado abraçar projetos autorais, de baixo orçamento, que tenham preocupação estética e artística, mas que sejam abertas comercialmente também; e o projeto da Café Preto se encaixa bastante nesse perfil”, completa Priscila.

O longa-metragem está em fase de captação de recursos, mas a ideia do diretor Sérgio Azevedo, que assina o roteiro com Ricardo Weschenfelder, é que “Toda tarde vazia” seja lançado na véspera da Copa do Mundo de 2022.

fique conectado